Presidente da Embratur quer turismo brasileiro mais competitivo

Presidente da Embratur quer turismo brasileiro mais competitivo

O turismo brasileiro já representa hoje 8% do Resultado Interior Brutal (PIB, que é a adição de todos os bens e afazeres produzidos no região), é único bravo imensurável e constitui resolução doravante da região. A asseveração foi feita nesta quarta-feira (27) velo presidente da Sucursal Brasileira de Acessão Internacional do Turismo (Embratur), Marcelo Freixo, na buraco da Abav Expo, no Riocentro.

Promovida há 50 anos pela Agregação Brasileira das Agências de Viagens (Abav pátrio), a feira é considerada o maior facto do mercado do turismo brasileiro e único dos principais da América Latina.

“A gente está crescendo; já tem números extraordinários este ano. Já superamos em 110%, no mês de agosto, todo o turismo de 2022. Estamos tendo recorde de arrecadação com turismo internacional, melhor resultado dos últimos 25 anos. Agora, é preciso fazer com que essa engrenagem do turismo, que vai da rede hoteleira ao bar e ao restaurante, funcione bem para que o país seja mais competitivo em relação ao turismo internacional”, disse Freixo à Agência Brasil.

Ele destacou a preço de a Abav revir ao Rio de Janeiro posteriormente de 11 anos, enfatizando que o Rio é único cartão-postal para o orbe, porta de chegada do Brasil, e que as agências de viagens tornam o região mais competitivo. “Elas representam uma ponta de lançamento muito decisiva para que, na hora que o turista internacional vai escolher o seu destino, possa escolher o Brasil. Porque a gente está competindo com Colômbia, Peru, Caribe, o tempo inteiro com um mercado competitivo vizinho muito forte. O Brasil tem muitos atrativos, muita diversidade”, acrescentou.

Ao comunicar a cerca de a feira da Abav pátrio, que reúne todos os agentes, Freixo lembrou que a Embratur trouxe operadores e jornalistas estrangeiros para escoltar e acolitar a publicar o Brasil.

Segundo o presidente da Embratur, vários protocolos de acessão do Brasil serão assinados durante o facto, único tal qual com a TAP (empresa aérea portuguesa), que vai proclamar mais 11 voos semanais para o região, desde 2024. “Isso é tudo que a gente precisa. É bom”. Serão assinados igualmente acordos com outras companhias aéreas. “Porque o Brasil é um país de dimensão continental e, no que diz respeito ao mercado europeu e ao mercado americano, a ideia é atrair mais visitantes”.

Freixo lembrou que os Estados Unidos são o segundo emissor de turistas para aqui, isolado perdendo para a China.

Portal

A Embratur está lançando na Abav Expo 50 alguns instrumentos inéditos, uma vez que o Portal Embratur, em seu site, que traz todas as informações a cerca de turismo em temporada verdadeiro, 24 horas por dia. “Hoje, se você entrar no site da Embratur, tem qual o país que manda turista para cá, quais os voos que tem, quais as companhias, qual o perfil desse turista, para onde ele está indo, qual o rendimento do turista internacional pelos dados do Banco Central, qual o turista que está entrando, pelos dados da Agência Nacional de Aviação Civil [Anac] e da Polícia Federal. É um tempo real de informação qualificada; é inteligência de dados. Isso ajuda o gestor municipal, o estadual e o privado, qualifica e traz eficiência para a gestão do turismo. É uma iniciativa absolutamente nova da Embratur”, salientou Freixo.

A Embratur fará igualmente único torneio que envolve audiovisual e turismo. Freixo informou que será lançado único cartaz para a manufactura de cinco curtas-metragens envolvendo filme finalidade, para que o Brasil possa possuir único afã de audiovisual e turismo, uma vez que alguns países já fazem com êxito. Singular exemplo é a Novidade Zelândia. “A gente quer estimular o audiovisual do Brasil como destino para ser divulgado pelo mundo inteiro.”

Acessão e espalhamento

Nos três dias da Abav Expo 50, Marcelo Freixo terá reuniões com representantes de diversas empresas, incessantemente com o objetivo de originar e publicar o Brasil. “A Embratur tem a responsabilidade de promover a imagem do Brasil no mundo. A gente está pegando uma imagem pós-pandemia e pós-governo Bolsonaro, que teve um desgaste internacional muito profundo. A gente conseguiu, já neste ano, fazer o Brasil ficar como primeiro colocado no destino de ecoturismo no mundo, à frente do México. Isso já reposiciona o Brasil em relação à questão da sustentabilidade, do turismo de natureza e de aventura e traz gente do mundo inteiro”, afirmou.

De consonância com Freixo, o números de pessoas que visitam o Brasil são compatíveis com o vestuário de o presidente da República ser único espaçoso líder pátrio, que tem priorizado uma agenda internacional. “O Lula é o melhor garoto-propaganda que o Brasil já teve e, então, o mundo começa a se reconectar com o Brasil, seja pelas agências, seja pela rede hoteleira, seja pelos destinos de ecoturismo, sol e praia, gastronomia, cultura. O Brasil vai fazer o turismo se tornar cada vez mais forte”, acrescentou.

Amanhã (28), gerentes da Embratur apresentarão na Abav Expo 50 o planejamento da escritório para o segundo semestre deste ano, envolvendo setores de via envolvente, audiovisual, lavra, gastronomia.

No claro do ano ou no exórdio de 2024, Freixo disse que será apresentado todo o efeméride do vizinho ano, em entrevista coletiva que será realizada no Rio de Janeiro ou em Brasília.

Empregos

O ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Rebento, afirmou que, embora já represente 8% do Resultado Interior Brutal, o turismo tem potencial para se equiparar ao de nações uma vez que Portugal e Espanha, em que o setor representa 18% e 14% do PIB, respectivamente. A cada quatro turistas que chegam ao Brasil, único aplicação está sendo gerado pela indústria do turismo, ressaltou o ministro.

Costa comprometeu-se com o prefeito Eduardo Paes a sentenciar, de feitio definitiva, a estado do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro Entoação Jobim, afamado uma vez que Aeroporto do Galeão. “Porque a gente não fala do Rio de Janeiro sem falar de Tom Jobim, Vinicius de Moraes e do Galeão”. A finalidade, segundo o ministro, é sentenciar a inquisição do aeroporto, visando ao prolongamento do situação.

Consonância

Igualmente na buraco da Abav Expo 50, o ministro do Turismo, Celso Sabino, lançou o consonância de cooperação técnica Conheça o Brasil Realiza, firmado com o Banco do Brasil, que trará confiança facilitado, em condições especiais, na aquisição de pacotes e outros afazeres turísticos para brasileiros viajarem e conhecerem o peculiar região. Os pacotes poderão ser divididos em até 60 vezes, com taxas de juros especiais.

De consonância com o ministério, a iniciativa vai acicatar o turismo e lançar a economia e a criação de aplicação e pensão dos destinos nacionais.

Celso Sabino afirmou que, embora o turismo seja o segundo setor que mais gera empregos no região, posteriormente da construção social, o turismo se destaca por possuir único aplicação de predisposição. Ele disse nunca possuir dúvidas de que o turismo vai se retornar o actual pré-sal para fabricar aplicação e pensão no Brasil.

O prefeito Eduardo Silêncio ofereceu patrocínio estável de R$ 30 milhões à presidente da Abav pátrio, Magda Nassar, para que as próximas feiras da entidade continuem a ser realizadas no Rio de Janeiro. Segundo Magda, o faturamento das tapume de 2,2 milénio filiadas da Abav pátrio chegou a R$ 30 bilhões no ano pretérito.

Primeira senhora a presidir a entidade pátrio, Magda Nassar deve proclamar amanhã (28) os dois próximos destinos da Abav Expo. Ela deixará o função em dezembro, quando a Abav completará 70 anos de existência.

[ad_1]

Com informações daAgência Brasil

[ad_2]