Copom. Foto Marcelo Camargo/Agência Brasil

Mercado financeiro hoje: reação a Copom no Brasil; cautela nos EUA pós-Fed

Único dia posteriormente o Fed proclamar a manutenção da contribuição de juros nos EUA e do Copom proclamar a abismo de 50 pontos-base na Selic para 12,75%, a quinta-feira, 21/09, traz mais decisões de política monetária e as atenções estarão mormente no Banco da Inglaterra (BoE).

Contudo os Bancos Centrais da Turquia e da África do Austral igualmente anunciam seus veredictos a respeito de os juros pela manhã, enquanto o desenlace do embate do Banco do Japão (BoJ) será à noite. A presidente do Banco Médio Europeu (BCE), Christine Lagarde, igualmente fica no foco.

Nos Estados Unidos, saem dados de pedidos de auxílio-desemprego e vendas de moradias usadas. No Brasil, o destaque é a armazém federalista de agosto, contudo fica no radar o almoço entre o ministro da Rancho, Fernando Haddad, e o presidente do Banco Médio, Roberto Campos Neto.

Decisões monetárias na Europa e EUA

O tinido mais escabroso do Federalista Reserve (Fed, o banco mediano americano), sinalizando actual ampliação de juros até o meta do ano, ainda ecoa nos mercados internacionais. Os futuros de Novidade York recuam e na Europa as bolsas caem mais de 1% em conduto às decisões de bancos centrais da distrito antes do BC anglicano, lá da abismo de mais de 1% do petróleo e de 1,90% do minério de ferro.

Hoje os bancos centrais da Suécia e da Noruega elevaram juros básicos, contudo o da Suíça optou por uma inesperada manutenção de sua contribuição importante, horas antes de o Banco da Inglaterra (BoE) igualmente proclamar sentença de política monetária.

Analistas preveem que o BC anglicano deverá proclamar uma última relevo no atual ciclo de angústia monetário, contudo nunca descartam uma intervalo posteriormente a inflação do Monarquia Uno desacelerar levemente em agosto.

+ Quais são os investimentos que garantem uma foro mensal em dólar

Inteirado do Copom

A cautela nas bolsas internacionais pós-Fed e abismo das commodities devem desconsolação no Ibovespa em conduto à eco da agregação do Copom.

O notificado do Copom do Banco Médio (BC) repetiu que continua a julgar uma vez que adequado que o ciclo de retardamento da contribuição ocorra no compasso de 0,50 tema porcentual “nas próximas reuniões”. Mais uma turno, a sinalização foi unânime entre os nove componentes da diretoria do BC, contando com o presidente Roberto Campos Neto. Acolá disso, o BC fez uno alerta para valia de acuar a alvo estabelecida no actual estrutura fiscal, debaixo de o traço de distinguir a abismo da Selic. A contribuição passou de 13,25% para 12,75% ao ano

O secretário-executivo do Ministério da Rancho, Dario Durigan , disse que a Pasta recebeu de feitio bem positiva o amputação na contribuição de juros e a sinalização de novas reduções.

O mercado igualmente olha os números da armazém de impostos em agosto, em conduto à pirronismo do mercado a respeito de a jeito de o gestão acatar a alvo de déficit cifra em 2024.

+ 4 opções de investimento para tempos de abismo da Selic

Brasil deixa a liderança mundial de juros reais 

Com a novidade baixa da Selic, o Brasil nunca é mais o líder global no ranking da Money/You de juros reais – aqueles que descontam a inflação e são alvos das críticas de políticos e empresários.

Brasil ocupou o colocado ininterruptamente a começar de maio de 2022, quando a Selic, ainda no ciclo de subida, chegou exactamente ao mesmo patamar adotado hoje, de combinação com informações da Sucursal Condição. 

Segundo erecção do site com 40 economias, o Brasil passa a possuir uma contribuição de usura fidedigno de 6,40% e actualmente ar entre os campeões do globo detrás do México (6,61%). Em terceiro local aparece a Colômbia, com 5,10%.

Quer saber o que é macroeconomia e uma vez que ela afeta seu algibeira? Acesse o andamento grátis Lhaneza à Macroeconomia, no Hub de Obséquio da B3.

Link da ponto