Mercado financeiro: decisões dos Bancos Centrais dos EUA, Brasil, Inglaterra e China no foco

O Gestor

Updated on:

Mercado financeiro: decisões dos Bancos Centrais dos EUA, Brasil, Inglaterra e China no foco

Nesta semana as decisões a cerca de juros no Brasil, nos Estados Unidos, na Inglaterra, na China e no Japão concentram as atenções dos investidores, bravo uma vez que a 78ª Corporação-Comum da ONU, em Novidade York.

Hoje, o relatório Focus e o IGP-10 de setembro ficam no radar no Brasil, que deve seguir 0,28% em setembro (de -0,13%), enquanto nos EUA sai o index de crédito das construtoras.

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

+ Inflação controlada: uma vez que os Bancos Centrais definem a imposto de juros?

Juros no mercado extrínseco

Os mercados internacionais operam de feição cautelosa, em regularidade de espera pelas decisões de juros em importantes economias do esfera, sobretudo dos EUA, na quarta-feira. Os índices futuros de ações de Novidade York e os Treasuries (o equivalente ao nosso Erário Vernáculo) sobem moderadamente, enquanto o dólar opera perto da equilíbrio perante outras moedas fortes.

O petróleo amplia ganhos das últimas três semanas, com vestígios de apertura na esmola, elevando riscos inflacionários. Já o minério de ferro fechou em baixa de 0,17% em Dalian, na China.

Já a maioria das bolsas da Ásia fechou em ruína, indício continuado pelas europeias, que caem com mais vontade. Por além, há ainda reflexos de notícias corporativas envolvendo o Casino e Société Générale.

Nos EUA, as chances são de quase 100% de que o Fed mantenha os juros nos níveis atuais, segundo instrumento de monitoramento do CME Group. Igualmente nos próximos dias, o BC chinês definirá seus juros principais e são esperados vestígios de quando o do Japão comece a transpor de sua política ultra-acomodatícia.

A expectativa é que o da Inglaterra eleve seus juros, apesar de vestígios da anemia na economia do Monarquia Unificado.

+ O que é o Federalista Reserve (Fed) e por que a julgamento de juros dos EUA é necessário

Expectativa em semana de Copom

A atenção externa tende a salpicar nos ativos brasileiros, contudo a expectativa de sufrágio da reestruturação tributária em outubro pode balizar subida dos juros futuros, por exemplo.

Neste ocorrência, ainda será medido com aferro o IGP-10 deste mês e as projeções para inflação e Selic do Boletim Focus, que será espargido hoje, em ducto a expectativas de que o Copom acelere o regularidade de extirpação da Selic além defronte, nunca nesta quarta, segundo a Broadcast, da Dependência Situação.

Já o Ibovespa pode restaurar porção da baixa de 0,53% (118.757,53 pontos) de sexta-feira, por indicação de subida em Wall Street, petróleo, apesar do recuo do minério. O dólar, por sua turno, pode ver equilíbrio, em risca com o exterior.

*Teor Dependência Situação

+ 7 fatos que resumem a terceira semana de setembro na economia

Gostou desse teor e quer obter mais a cerca de investimentos? Faça os cursos gratuitos no Hub de Afabilidade Financeira da B3!

Link da assunto

O que você achou?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

0 0 votes
Article Rating
Se inscreva
Notificação de
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
0
Iremos adorar sua opinião, comente.x