Fato relevante – PETROLEO BRASILEIRO S.A. PETROBRAS

Evandro Garcia

Entidades do setor produtivo divergem sobre corte na taxa de juros
Empresa: PETROLEO BRASILEIRO S.A. PETROBRAS
Data: 23/11/2023 18:34:45

www .petrobras.com.br/ri
Para mais informa ções:
PET RÓLEO BRASILEIRO S.A. – PETROBRAS | Relações com Investidores
e-mai l: petroinvest@petrobras.com.br/acionistas@petrobras.com.br
Av. Henrique Valadares, 28 – 9º Andar – 20231 -030 – Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 55 (21) 3224 -1510/9947 | 0800 -282 -1540
Este docume nto pode conter previ sões segundo o significado da Seção 27A da Lei de Valo res Mobili ários de 193 3, conforme alterada (Lei de Valo res Mobili ários) e Seção 21E da lei de
Negoci ação de Valo res Mobili ários de 1934 conforme alterada (Lei de Negoci ação) que refletem apenas expect ativas dos administ radores da Comp anhia. Os termos: “antecip a”, “acredita”,
“espe ra”, “prevê”, “pretende”, “planeja”, “projeta”, “objetiv a”, “deve rá”, bem como outros termos simil ares, visam a identific ar tais previ sões, as quais, evid enteme nte, envolvem riscos ou
incertezas, previ stos ou não, pela Companhia. Portanto, os resul tados futu ros das ope rações da Comp anhia podem dife rir das atuais expect ativas, e, o leitor não deve se basear exclu sivamente
nas info rmações aqui conti das.

Petr obras aprova Plano Estratégico 2024-2028+

Rio de Jane iro, 23 de novembro de 2023 – A Petróleo Bras ileiro S.A. – Petrobras informa que seu Conselho
de Administra ção aprovou, em reunião realizada hoje, o Plano Estratégi co para o quin quênio 2024-2028
(PE 2024-28+), prevendo investir US$ 102 bilhões nos próximos cinco anos.

Primeiro plano desta gestão, o PE 2024 -28+ visa preparar a Petrobras para o futuro e fortalecer a
companhia iniciando um processo de integração de fontes energéticas essencial para uma transição
energética justa e responsável . Nesse contexto, o novo Plano será implementado com atenção total às
pessoas, à segurança e com respeito ao meio -ambiente, perpetuando valor para as gerações futura s, com
foco na disciplina de capital e no compromisso de manter o endividamento da companhia sob controle.

As commodities petróleo e gás natural seguirão como drivers preponderantes de valor, com resiliência
econômica e ambiental, financiando a transição justa. Os investimentos rentáveis em baixo carbono
ganham relevância para a geração de valor a longo prazo . A governança será respeitada em todos os
processos decisórios e de avaliações de projetos, garantindo sustentabilidade e rentabilidade , com mais
transparência.

Investimentos (CAPEX)

O CAPEX previsto para o período 2024 -2028 totaliza US$ 102 bilhões , 31% superior ao plano passado,
sendo US$ 91 bilhões correspondentes a projetos em implantação ( Carteira em Impl antação ) e US$ 11
bilhões compostos por projetos em avaliação (Carteira em Avaliação), sujeitos a estudos adicionais de
financiabilidade antes do início da contratação e execução. Quando concluídos os estudos e comprovada
sua viabilidade econômica, esses projetos podem migrar para a Carteira em Impl antação . O estudo de
financiabilidade para projetos em avaliação é um item adicional à governança estabelecida de aprovação
de projetos, que está mantida para ambas as carteiras . Esta forma de apresentação da carteira demonstra
compromisso com a transparência e mais um avanço na governança de apro vação dos projetos.

O aumento do CAPEX está associado principalmente a novos projetos , incluindo potenciais aquisições; à
ativos que estavam em desinvestimentos e voltaram para a carteira de investimentos da companhia; e à
inflação de custos , que imp actou toda a cadeia de suprimento s.

O CAPEX do segmento Exploração e Produção (E&P) representa 72% do total , seguido pelo Refino,
Transporte e Comercialização (RTC ) com 1 6%, Gás e Energia (G&E) e Baixo Carbono com 9% e o Corporativo
com 3% .
www .petrobras.com.br/ri
Para mais informa ções:
PET RÓLEO BRASILEIRO S.A. – PETROBRAS | Relações com Investidores
e-mai l: petroinvest@petrobras.com.br/acionistas@petrobras.com.br
Av. Henrique Valadares, 28 – 9º Andar – 20231 -030 – Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 55 (21) 3224 -1510/9947 | 0800 -282 -1540
Este docume nto pode conter previ sões segundo o significado da Seção 27A da Lei de Valo res Mobili ários de 193 3, conforme alterada (Lei de Valo res Mobili ários) e Seção 21E da lei de
Negoci ação de Valo res Mobili ários de 1934 conforme alterada (Lei de Negoci ação) que refletem apenas expect ativas dos administ radores da Comp anhia. Os termos: “antecip a”, “acredita”,
“espe ra”, “prevê”, “pretende”, “planeja”, “projeta”, “objetiv a”, “deve rá”, bem como outros termos simil ares, visam a identific ar tais previ sões, as quais, evid enteme nte, envolvem riscos ou
incertezas, previ stos ou não, pela Companhia. Portanto, os resul tados futu ros das ope rações da Comp anhia podem dife rir das atuais expect ativas, e, o leitor não deve se basear exclu sivamente
nas info rmações aqui conti das.

Exploração e Produção

O CAPEX do E&P para o período 2024 -2028 soma US$ 73 bilhões, com cerca de 67% destinados para o pré –
sal, que tem grande diferencial competitivo econômico e ambiental , com produção de óleo de melhor
qualidade e com menores emissões de gases de efeito estufa .

O segmento de E&P mantém sua relevância para a companhia com o foco estratégico em ativos rentáveis
e investimentos compatíveis com uma visão de longo prazo alinhada à transição e nergética . Ao mesmo
tempo, a companhia mantém grandes projetos de revitalização em águas profundas (REVIT), além de
projetos complementares, a fim de aumentar os fatores de recuperação em campos maduros.
www .petrobras.com.br/ri
Para mais informa ções:
PET RÓLEO BRASILEIRO S.A. – PETROBRAS | Relações com Investidores
e-mai l: petroinvest@petrobras.com.br/acionistas@petrobras.com.br
Av. Henrique Valadares, 28 – 9º Andar – 20231 -030 – Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 55 (21) 3224 -1510/9947 | 0800 -282 -1540
Este docume nto pode conter previ sões segundo o significado da Seção 27A da Lei de Valo res Mobili ários de 193 3, conforme alterada (Lei de Valo res Mobili ários) e Seção 21E da lei de
Negoci ação de Valo res Mobili ários de 1934 conforme alterada (Lei de Negoci ação) que refletem apenas expect ativas dos administ radores da Comp anhia. Os termos: “antecip a”, “acredita”,
“espe ra”, “prevê”, “pretende”, “planeja”, “projeta”, “objetiv a”, “deve rá”, bem como outros termos simil ares, visam a identific ar tais previ sões, as quais, evid enteme nte, envolvem riscos ou
incertezas, previ stos ou não, pela Companhia. Portanto, os resul tados futu ros das ope rações da Comp anhia podem dife rir das atuais expect ativas, e, o leitor não deve se basear exclu sivamente
nas info rmações aqui conti das.

No que tange à exploração, destinam -se US$ 7, 5 bilhões no quinquênio, distribuídos da seguinte forma:
(i) US$ 3,1 bilhões para exploração na Margem Equatorial; (ii) US$ 3,1 bilhões destinados à exploração nas
Bacias do Sudeste; e (iii) US$ 1,3 bil hão para outros países . Está incluíd a neste investiment o a perfuração
de cerca de 50 poços em áreas onde a companhia possui direito de exploração em blocos adquiridos .

O segmento de E&P mant ém a premissa de dupla resiliência (econômica e ambiental ), e alto valor
econômico : com portfólio viável a cenários de baixos preços de petróleo no longo prazo , com Brent de
equilíbrio médio prospectivo de US$ 25 por barril, e com compromisso de intensidade de carbono de até
15 KgCO2e por barril de óleo equivalente até 2030.

Produção de óleo, LGN e gás natural

A curva de produção considera a entrada de 14 novas plataformas (FPSOs) no período 2024 -2028, 10 das
quais já contratadas. Está sendo construída uma nova geração de plataformas, mais modernas, mais
tecnológicas, mais eficiente e com menores emissõ es.

Com este Plano, a Petrobras projeta atingir em cinco anos a produção de 3,2 milhões de barris
equivalentes de óleo e gás por dia.

Em linha com o foco estratégico da companhia, as atividades de Exploração e Produção estão
concentradas em ativos re ntáveis. A produção do pré -sal representará 79% do total da companhia no final
do quinquênio.

www .petrobras.com.br/ri
Para mais informa ções:
PET RÓLEO BRASILEIRO S.A. – PETROBRAS | Relações com Investidores
e-mai l: petroinvest@petrobras.com.br/acionistas@petrobras.com.br
Av. Henrique Valadares, 28 – 9º Andar – 20231 -030 – Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 55 (21) 3224 -1510/9947 | 0800 -282 -1540
Este docume nto pode conter previ sões segundo o significado da Seção 27A da Lei de Valo res Mobili ários de 193 3, conforme alterada (Lei de Valo res Mobili ários) e Seção 21E da lei de
Negoci ação de Valo res Mobili ários de 1934 conforme alterada (Lei de Negoci ação) que refletem apenas expect ativas dos administ radores da Comp anhia. Os termos: “antecip a”, “acredita”,
“espe ra”, “prevê”, “pretende”, “planeja”, “projeta”, “objetiv a”, “deve rá”, bem como outros termos simil ares, visam a identific ar tais previ sões, as quais, evid enteme nte, envolvem riscos ou
incertezas, previ stos ou não, pela Companhia. Portanto, os resul tados futu ros das ope rações da Comp anhia podem dife rir das atuais expect ativas, e, o leitor não deve se basear exclu sivamente
nas info rmações aqui conti das.
As projeções de produção de óleo, produção total e comercial de óleo e gás natural para 2024 foram
acrescidas em aproximadamente 100 mil bpd/boed, na comparação com o plano anterior , considerando o
bom desempenho dos campos, as previsões de ramp -ups e entrada de novos poços.

Nos anos de 2025 e 2026, a produção de óleo, produção total e comercial de óleo e gás natural encontram –
se inferiores ao projetado no plano anterior em cerca de 100 mil bpd/boed. Esta diferença deve -se
principalmente às condições atuais de mercado oriundas do contexto global, onde alguns sistemas de
produção e projetos complementares de águas prof undas tiveram seus cronogramas impactado s. Essas
flutuações fazem parte da dinâmica da indústria, e estão dentro da faixa de incerteza divulgada no último
plano. Para 2027, as projeções de produção de óleo e produção total e comercial de óleo e gás natural
foram mantidas com relação ao plano anterior . Para o acompanhamento do Plano, considera -se uma
margem de variação de + -4%.

Refino, Transporte e Comercialização

O CAPEX d o RTC totaliza US$ 17 bilhõe s para o período 2024 -2028 . O segmento segue com foco no melhor
aproveitamento dos ativos de refino e logística e maior eficiência energética, visando ampliar a
capacidade de produção de diesel e aumentar gradualmente a oferta de produtos para mercado de baixo
carbono. Cabe esclarec er que, nesse PE 2024 -28+, a previsão de CAPEX de Comercialização e Logística,
divulgada no plano passado, passou a ser apresentada de forma agregada como C APEX de Refino,
Transporte e Comercialização (RTC), em alinhamento à visão desse segmento.

O PE 202 4-28+ prevê o aumento de capacidade de processamento nas refinarias em 225 mil barris por dia
(bpd) e da produção de diesel S-10 em mais de 290 mil bpd até 2029, suportado pela entrada de grandes
www .petrobras.com.br/ri
Para mais informa ções:
PET RÓLEO BRASILEIRO S.A. – PETROBRAS | Relações com Investidores
e-mai l: petroinvest@petrobras.com.br/acionistas@petrobras.com.br
Av. Henrique Valadares, 28 – 9º Andar – 20231 -030 – Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 55 (21) 3224 -1510/9947 | 0800 -282 -1540
Este docume nto pode conter previ sões segundo o significado da Seção 27A da Lei de Valo res Mobili ários de 193 3, conforme alterada (Lei de Valo res Mobili ários) e Seção 21E da lei de
Negoci ação de Valo res Mobili ários de 1934 conforme alterada (Lei de Negoci ação) que refletem apenas expect ativas dos administ radores da Comp anhia. Os termos: “antecip a”, “acredita”,
“espe ra”, “prevê”, “pretende”, “planeja”, “projeta”, “objetiv a”, “deve rá”, bem como outros termos simil ares, visam a identific ar tais previ sões, as quais, evid enteme nte, envolvem riscos ou
incertezas, previ stos ou não, pela Companhia. Portanto, os resul tados futu ros das ope rações da Comp anhia podem dife rir das atuais expect ativas, e, o leitor não deve se basear exclu sivamente
nas info rmações aqui conti das.
projetos como o Trem 2 da RNEST, Revamps de unidades atuais e implantação de novas unidades de
produção de diesel (HDT) na REVAP, REGAP, REPLAN, RNEST e GASLUB.

Um dos destaques do novo plano é a ampliação do Programa Reftop para todo o parque de refino. Por
meio deste programa, a Petrobras vem atingindo as suas metas de eficiência e confiabilidade , e almeja
colocar o seu parque industrial entre os melhores do mundo em eficiência operacional e energética até
2030.

Em biorrefino, a companhia prevê investimentos de US$ 1,5 bilhã o. Esses investimentos suportarão o
cres cimento da capacidade de produção de Diesel R5, com 5% de conteúdo renovável, na REPAR, RPBC,
REDUC e REPLAN. Também está prevista a instalação de plantas dedicadas de BioQav e diesel 100%
renovável na RPBC e no GASLUB, que serão concluídas após 2028.

O Plano fortalece a Petrobras no mercado brasileiro integrando a cadeia de valor desde a produção, refino,
logística até o mercado. Serão investidos US$ 2, 1 bilhões em iniciativas para remoção de gargalos
logístico s. Com a mpliação e adequação da infraestrutura, investimento em terminais para otimizar as
operações, ampliação de modais e melhoria da eficiência e resiliência. Entre os projetos está a construção
de quatro navios da classe handy , que serão operados pela Transpet ro, além de estudos para outras
embarcaçõe s.

No segmento de Petroquímica, a Petrobras planeja atuar de forma integrada, maximizando sinergias com
seu parque de refino e produção de óleo e gás. Estão em estudo investimentos em petroquímica
considerando tanto projetos nos atuais ativos como aquisições.

Neste PE 2024 -28+, a Petrobras também marca seu retorno ao segmento de fertilizantes, com planos de
retomar a operação da ANSA e a conclusão das obras da UFN 3.

Gás & Energia

O CAPEX da área de G&E soma US$ 3 bilhões no quinquênio. O segmento avança na atuação competitiva
e integrada no comércio de gás e energia e no aprimoramento do portfólio, atuando para a inserção de
fontes renováveis, alinhada às ações de descarbonização.

Uma das p rioridades da Petrobras neste segmento é ampliação da infraestrutura e portfólio de ofertas
de gás natural. Considerando os investimento s em produção e escoamento de gás no segmento E&P, a
companhia planeja aumentar a oferta de gás nacional da Petrobras investi ndo cerca de US$ 7 bilhões nos
próximos cinco anos .

Em 2024, entra em operação o Rota 3 com planta de processamento com capacidade de 21 MMm³/dia e
gasoduto com capacidade de 18 MMm³/dia. Em 2028, entra em operação o gasoduto do Projeto Raia (BM –
C-33), com capacidade de 16 MMm³/d ia; e, em 2029, o gasoduto do projeto Sergipe Águas Profundas –
SEAP, com capacidade de 18 MMm³/d ia.
www .petrobras.com.br/ri
Para mais informa ções:
PET RÓLEO BRASILEIRO S.A. – PETROBRAS | Relações com Investidores
e-mai l: petroinvest@petrobras.com.br/acionistas@petrobras.com.br
Av. Henrique Valadares, 28 – 9º Andar – 20231 -030 – Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 55 (21) 3224 -1510/9947 | 0800 -282 -1540
Este docume nto pode conter previ sões segundo o significado da Seção 27A da Lei de Valo res Mobili ários de 193 3, conforme alterada (Lei de Valo res Mobili ários) e Seção 21E da lei de
Negoci ação de Valo res Mobili ários de 1934 conforme alterada (Lei de Negoci ação) que refletem apenas expect ativas dos administ radores da Comp anhia. Os termos: “antecip a”, “acredita”,
“espe ra”, “prevê”, “pretende”, “planeja”, “projeta”, “objetiv a”, “deve rá”, bem como outros termos simil ares, visam a identific ar tais previ sões, as quais, evid enteme nte, envolvem riscos ou
incertezas, previ stos ou não, pela Companhia. Portanto, os resul tados futu ros das ope rações da Comp anhia podem dife rir das atuais expect ativas, e, o leitor não deve se basear exclu sivamente
nas info rmações aqui conti das.

Ambiental, Social e Governança (ASG)

No PE 2024 -28+, a Petr obras tem, entre suas prioridades, reduzir a pegada de carbono; proteger o meio –
ambiente; cuidar das pessoas; e atuar com integridade. A Petrobras reafirma sua ambição de zero
fatalidade e zero vazamento, em alinhamento ao seu compromisso com a vida e com o meio ambiente,
que são valores inegociáveis. Os focos ASG se materializam nos seguintes compromissos:

REDUZIR A
PEGADA DE
CARBONO AMBIÇÃO: Neutralizar as emissões (escopos 1 e 2) nas atividades sob controle da
Petrobras até 2050 e influenciar parceiros a atingir a mesma ambição em ativos não
operados1
• Redução das emissões absolutas operacionais totais em 30%2 até 2030 (54,8
MM ton/ano)
• Zero queima de rotina em flare até 2030
• Reinjeção de 80 milhões tCO 2 até 2025 em projetos de CCUS
• Intensidade de GEE no segmento E&P: Atingir intensidade do portfólio de 15
kgCO 2e/boe até 2025, mantidos 15 kgCO 2e/boe até 2030
• Intensidade de GEE no segmento Refino: Atingir intensidade de 36
kgCO 2e/CWT até 2025 e 30 kgCO 2e/CWT até 2030
• Redução da intensidade de emissões de metano no segmento upstream até
2025, atingindo 0,25 t CH 4/mil tHC e atingindo 0,20 t CH 4/mil tHC em 2030

1 Ambição refere -se às emissões em território brasileiro, onde ocorrem mais de 97% das emissões operacionais
da companhia . Para as demais emissões ambicionamos também a neutralidade em prazo compatível com o
Acordo de Paris, em alinhamento a compromissos locais e organizações internacionais . 2 Ano de referência:
2015

PROTEGER O
MEIO
AMBIENTE
AMBIÇÃO: Zero vazamento

• Redução de 40%3 da nossa captação de água doce até 2030 (91 MM m3/ano)
• Redução de 30%3 na geração de resíduos sólidos de processo até 2030 (195 mil
ton/ano)
• Destinação de 80% dos resíduos sólidos de processos para rotas de RRR4 até 2030
• Alcançar ganhos de biodiversidade até 2030, com foco em florestas e oceanos
• 100% das instalações Petrobras com planos de ação em biodiversidade
até 2025
• Impacto líquido positivo em áreas vegetadas até 2030
• Aumento em 30% dos esforços de conservação da biodiversidade

3Ano de referência: 2021 | 4Reuso, Reciclagem e recuperação

www .petrobras.com.br/ri
Para mais informa ções:
PET RÓLEO BRASILEIRO S.A. – PETROBRAS | Relações com Investidores
e-mai l: petroinvest@petrobras.com.br/acionistas@petrobras.com.br
Av. Henrique Valadares, 28 – 9º Andar – 20231 -030 – Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 55 (21) 3224 -1510/9947 | 0800 -282 -1540
Este docume nto pode conter previ sões segundo o significado da Seção 27A da Lei de Valo res Mobili ários de 193 3, conforme alterada (Lei de Valo res Mobili ários) e Seção 21E da lei de
Negoci ação de Valo res Mobili ários de 1934 conforme alterada (Lei de Negoci ação) que refletem apenas expect ativas dos administ radores da Comp anhia. Os termos: “antecip a”, “acredita”,
“espe ra”, “prevê”, “pretende”, “planeja”, “projeta”, “objetiv a”, “deve rá”, bem como outros termos simil ares, visam a identific ar tais previ sões, as quais, evid enteme nte, envolvem riscos ou
incertezas, previ stos ou não, pela Companhia. Portanto, os resul tados futu ros das ope rações da Comp anhia podem dife rir das atuais expect ativas, e, o leitor não deve se basear exclu sivamente
nas info rmações aqui conti das.

CUIDAR
DAS
PESSOAS
AMBIÇÃO: Zero fatalidade
• Proporcionar retorno à sociedade de no mínimo 150% do valor investido nos
projetos socioambientais voluntários5 (até 2030)
• Estar entre as três empresas de O&G mais bem colocadas no ranking de Direitos
Humanos até 20306
• Diversidade:
• Mulheres na liderança: 25% em 2030
• Cor e raça na liderança: 25% em 2030
• Implementar 100% dos compromissos do Movimento Mente em Foco (P acto
Global da ONU) até 2030
• Alcançar mais de 50% de empregados fisicamente ativos (EFA) contribuindo para
uma vida mais saudável e produtiva até 2028

5 Por projeto, passível de mensuração (3 anos) | 6 No Corporate Human Rights Benchmark (CHRB)

ATUAR COM
INTEGRIDADE

AMBIÇÃO: Ser referência em ética, integridade e transparência
• Promover a diversidade nas Indicações da Petrobras para nossas participações:
• Atingir 30% de mulheres no Conselho de Administração (CA), Diretoria
Executiva (DE) e Conselho Fiscal (CF) até 2026
• Incrementar em 10% as indicações de pessoas negras para o CA, DE e CF até
2030
• Encerrar apurações de violência sexual com prazo médio de 60 dias até 2024
• 100% dos forn ecedores relevantes treinados em Integridade e/ou Privacidade
até 2030
• Realizar Due Diligence de Direitos Humanos em 100% dos nossos fornecedores
relevantes até 2030
• Avaliar, em 100% das contratações nas categorias estratégicas, a ampliação de
requisitos A SG
• Estabelecer que 70% dos fornecedores relevantes tenham seu inventário de
emissões (GEE) publicado

A Petrobras destinará até US$ 11,5 bilhões para projetos de baixo carbono nos próximos cinco an os,
considerando os investimentos transversais nos diversos segmentos de negócio . São contempladas
iniciativas e projetos de descarbonização das operações assim como o amadurecimento e desenvolvimento
de negócios no segmento de energias de baixo carbono, com destaque para biorrefino; eólic as; solar;
captura, utilização e armazenamento de carbono ( CCUS ) e hidrogênio.

www .petrobras.com.br/ri
Para mais informa ções:
PET RÓLEO BRASILEIRO S.A. – PETROBRAS | Relações com Investidores
e-mai l: petroinvest@petrobras.com.br/acionistas@petrobras.com.br
Av. Henrique Valadares, 28 – 9º Andar – 20231 -030 – Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 55 (21) 3224 -1510/9947 | 0800 -282 -1540
Este docume nto pode conter previ sões segundo o significado da Seção 27A da Lei de Valo res Mobili ários de 193 3, conforme alterada (Lei de Valo res Mobili ários) e Seção 21E da lei de
Negoci ação de Valo res Mobili ários de 1934 conforme alterada (Lei de Negoci ação) que refletem apenas expect ativas dos administ radores da Comp anhia. Os termos: “antecip a”, “acredita”,
“espe ra”, “prevê”, “pretende”, “planeja”, “projeta”, “objetiv a”, “deve rá”, bem como outros termos simil ares, visam a identific ar tais previ sões, as quais, evid enteme nte, envolvem riscos ou
incertezas, previ stos ou não, pela Companhia. Portanto, os resul tados futu ros das ope rações da Comp anhia podem dife rir das atuais expect ativas, e, o leitor não deve se basear exclu sivamente
nas info rmações aqui conti das.

Nesse contexto, é importante ressaltar o foco em projetos rentáveis, com priorização de parcerias para
redução de risco e compartilhamento de aprendizados. Com esta nova frent e, a companhia também
desenvolver á as vantagens competitivas regionais do Brasil .

Na média 24 -28, o investimento em baixo carbono representa 11% do investimento total da Petrobras,
indicando avanço na posição atual da companhia em relação aos seus pares de mercado . A previsão é que
o investimento em baixo carbono ganhe espaço gradualmente no portfólio da companhia ao longo do
período, chegando a 16% em 2028.

www .petrobras.com.br/ri
Para mais informa ções:
PET RÓLEO BRASILEIRO S.A. – PETROBRAS | Relações com Investidores
e-mai l: petroinvest@petrobras.com.br/acionistas@petrobras.com.br
Av. Henrique Valadares, 28 – 9º Andar – 20231 -030 – Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 55 (21) 3224 -1510/9947 | 0800 -282 -1540
Este docume nto pode conter previ sões segundo o significado da Seção 27A da Lei de Valo res Mobili ários de 193 3, conforme alterada (Lei de Valo res Mobili ários) e Seção 21E da lei de
Negoci ação de Valo res Mobili ários de 1934 conforme alterada (Lei de Negoci ação) que refletem apenas expect ativas dos administ radores da Comp anhia. Os termos: “antecip a”, “acredita”,
“espe ra”, “prevê”, “pretende”, “planeja”, “projeta”, “objetiv a”, “deve rá”, bem como outros termos simil ares, visam a identific ar tais previ sões, as quais, evid enteme nte, envolvem riscos ou
incertezas, previ stos ou não, pela Companhia. Portanto, os resul tados futu ros das ope rações da Comp anhia podem dife rir das atuais expect ativas, e, o leitor não deve se basear exclu sivamente
nas info rmações aqui conti das.
Acompanhando as grandes transformações do mundo, principalmente nos segmentos de energia, digital,
social e ambiental, a Petrobras está atravessando uma fase de mudanças e novas perspectivas, visando
se preparar para a transição energética e para uma economia de baixo carbono justa , inclusiva, com
mudanças nos padrões de uso da energia , avaliando e minimizando os impactos sociais para todas as
partes: seus empregados, as comunidades e toda a cadeia de suprimentos.

Financiabilidade

As princi pais premissas para a financiabilidade do PE 2024 -28+ são:

(i) Brent e Taxa de câmbio real :
2024 2025 2026 2027 2028
Brent (US$/ bbl) 80 78 75 73 70
Taxa de câmbio real (R$/US$) 5,05 5,04 5,03 4,98 4,90
(ii) O caixa de referência definido no plano estratégico é de US$ 8 bilhões;
(iii) Balanço sólido com endividamento inferior a US$ 65 bilhões , com dívida financeira inferior à de
leasings ; e
(iv) Dividendos conforme Política de Remuneração aos Acionistas vigente.

A companhia reforça que os investimentos devem ser financiados prioritariamente pelo fluxo de caixa
operacional, em níveis equivalentes às companhias congêneres, e preferencialmente por meio de
parcerias que permitam compartilhar riscos e expertise , e devem buscar , o retorno do investimento,
redução do custo de capital, fortalecimento da Petrobras como uma empresa de energia integrada,
maximizando o valor da companhia .

O que você achou?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.