Fato relevante – HIDROVIAS DO BRASIL S.A.

Evandro Garcia

Entidades do setor produtivo divergem sobre corte na taxa de juros
Empresa: HIDROVIAS DO BRASIL S.A.
Data: 13/11/2023 19:23:14

HIDROVIAS DO BRASIL S.A.
Companhia Aberta
CNPJ/ME 12.648.327/0001 -53
NIRE 35.300.383.982

FATO RELEVANTE
A Hidrovias do Brasil S.A. (B3: HBSA3) (“Companhia” ou “Hidrovias”), em atendimento ao disposto no artigo 157, §4º da
Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme alterada, e na Resolução CVM no 44, de 23 de agosto de 2021,
informa aos seus acionistas e ao mercado em geral que realizou análise detalhada acerca dos possíveis impactos
relacionados às variações pontuais e não -recorrentes das condições climáticas e hidrológicas em algumas regiões onde
opera e identificou a necessidade de alinhamento de expectativas relacionadas a evolução operacional do quarto trimestre
de 2023 (4T23) .
Conforme publicado em Comunicado ao Mercado divulgado no dia 01 de novembro de 2023, a situação atípica e não –
recorrente dos calados dos rios em alguns pontos da rota de navegação no Corredor Norte gerou a necessidade de
implementação de flexibilizações operacionais que pudessem viabilizar a continuidade da navegação , sendo que tais
ajustes em conjunto com a continuidade do fenômeno – para além do tempo esperado – devem resultar em redução do
volume de carga transportada no quarto trimestre deste ano (4T23) .

Diante deste cenário, a Companhia esclarece o seguinte:
• A capacidade atualmente estimada para o Norte para grãos em condições regulares de operação é de 7,2
milhões de toneladas por ano ; e
• Historicamente o volume navegado no quarto trimestre (4T) de cada ano é inferior aos demais trimestres (em
média 17% do volume de navegação do ano) , dado que as condições climáticas e a sazonalidade de safra não
são iguais aos primeiros 9 meses (9M).

Vale notar que m esmo diante d os desafios externos atuais , a Companhia continuou operando com ajustes operacionais
até o momento, o que evidencia o diferencial competitivo de seus ativos .

Diante do contexto apresentado , das projeções de chuva ainda abaixo das médias históricas para as próximas semanas
e dado que a Companhia já executou parte relevante do volume programado para 2023, a Companhia optou por
aproveitar este momento de restrições para antecipar as manutenções recorrentes que estavam programadas para o final
de dezembro e janeiro , otimizando a utilização dos seus ativos , deixando sua frota preparada pa ra retomar as operações
em condições mais regulares de calado prevista para o final deste ano e, por consequência, se posicionando para
aproveitar o cenário positivo de 2024.

Com relação a análise estrutural do Corredor Norte , a Companhia esclarece:

• Não espera mudanças estruturais relacionadas ao nível de calado dos rios da região visto que
historicamente a sazonalidade do rio resulta em recuperação entre novembro e janeiro , conforme pode
ser observado no gráfico acima ;
• Não existem , no melhor conhecimento da Companhia, dados históricos ou projeções atualizadas que
demonstrem riscos adicionais relacionados à navegabilidade dos rios da região onde opera; e
• As projeções de produção de grãos originados no Brasil (soja e milho) seguem extremamente forte s1, não
há ociosidade logística no país e o Arco Norte continua sendo solução extremamente competitiva para
escoamento da safra que será direcionada para exportação2.

A Companhia mant ém, portanto, sua estratégia de crescimento modular, atualizando a capacidade nominal no Nor te em
2024 para cerca de 8,0 milhões de toneladas por meio do início de operação com boias fundeadas em área do espelho
d´água no porto público de Barcarena (CDP) .

1 conforme relatórios de oferta e demanda de soja e de milho emitidos pelo IMEA em 06/11/2023.
2 conforme dados de custo logístico para escoamento de grãos MT referentes ao 2T23 emitidos pela USDA.
01/jan
13/jan
25/jan
06/fev
18/fev
01/mar
13/mar
25/mar
06/abr
18/abr
30/abr
12/mai
24/mai
05/jun
17/jun
29/jun
11/jul
23/jul
04/ago
16/ago
28/ago
09/set
21/set
03/out
15/out
27/out
08/nov
20/nov
02/dez
14/dez
26/dezHistórico Rio Tapajós (régua Itaituba)
(mts)
2020 2021 2022 2023
Fonte: dados histórico emedições internas. Médias do 4T levam em consideração variações até 10 de novembro.Régua Média
4T20: 2,0
4T21: 2,9
4T22: 2,6
4T23: 1,5
1T 2T 3T 4TVolume de navegação Norte por trimestre
(k ton)
2020 2021 2022 2023
Fonte: dados internos HBSA e estimativas internas para o 4T23.% do 4T no total
4T20: 13%
4T21: 17%
4T22: 20%
Com relação ao Corredor Sul , houve retomada importante do nível de calado da Hidrovia Paraná -Paraguai (HPP) durante
a maior parte do ano de 2023 , tanto pelo cenário hídrico mais regular quanto pelas dragagens realizadas pelo governo
do Paraguai , viabilizando resultados recordes para nossa operação nos primeiros 9 meses do ano. Ainda assim, a última
semana apresentou redução mais acelerada que o esperado de águas em alguns pontos de navegação na região, gerando
a necessidade de adaptações pontuais e aplicaçã o de plano de “águas baixas”, similar ao que já foi realizado nos anos
de 2021 e 2022 .

Diante desse contexto, a Companhia esclarece o seguinte:
• A capacidade atualmente estimada para o Sul, em condições regulares de operação é de aproximadamente 5,0
milhões de toneladas por ano , excluindo o volume movimentado pelas JV’s; e
• Historicamente a capacidade no quarto trimestre (4T) de cada ano é inferior aos demais trimestres visto que
as condições climáticas e a sazonalidade de safra de grãos originados no Paraguai e destinados para exportação
não são iguais aos primeiros 9 meses (9M).

A Companhia acredita que continuará navegando por possuir ativos flexíveis , com capacidade de ganhar market share
frente a outros operadores logísticos da HPP que não conseguem operar em condições similares, contudo, ainda assim,
transportando volume menor do que sua programação anual em virtude do cenário restritivo, com algum impacto em
ciclo e custos operacionais.

Por fim, quanto a análise estrutural do Corredor Sul , a Companhia esclarece que:

• 100% da capacidade estimada de navegação está contratada para o médio e longo prazo , portanto não há
capacidade ociosa para ser aproveitada pela Companhia de forma estrutural no cenário atual;
• Os contratos de longo prazo são dolarizados , garantindo geração de caixa em moeda forte e maior
balanceamento entre os fluxos de caixa projetados pela Hidrovias; e
• Estudo realizado pela Oliver Wyman aponta que não existem indícios de mudanças estruturais relacionadas
ao tema e que gerem riscos adicionais ao negócio.

Ainda com relação a o Sul, investimos em estudos de modelos hidrodinâmicos durante todo o ano de 2023 , que geraram
oportunidades de melhorias estruturais que podem ser realizadas nessa bacia e que visam para garantir maior resiliência
climática da operaç ão, mitigando, cada vez mais, esse risco que é inerente ao nosso negócio e tão relevante para as
economias locais.

Dessa forma , seguin do nosso compromisso com a transparência e em face as mudanças nos cenários operacionais
detalhados anteriormente, a Companhia divulga abaixo suas expectativa s para o resultado de 2023 , sendo:

R$ Milhões 2021 2022 2023 CAGR (%)
EBITDA
Ajustado +
EBITDA JV’s 630.2 756.9 740 – 770 9.5%
Obs: CAGR (%) calculado a partir da média da faixa de EBITDA Ajustado + EBITDA das JV’s de 2023.

Premissas utilizadas para o Guidance de 2023:
Operação de Santos, Navegação Costeira e Holding em linha com esperado pela Companhia para 2023;
Norte com volume reduzido em outubro e sem navegação entre meados de novembro e dezembro – parada antecipada para manutenção
dos ativos; e
Sul operando com “plano de águas baixas” entre meados de novembro e dezembro.
Câmbio de US$4,97 para operações dolarizadas no 4T23.

Por fim, vale mencionar que a Companhia segue avaliando e, sempre que possível, colocando em prática ações possíveis
para mitigação dos riscos mapeados, de forma a garantir o contínuo desenvolvimento dos negócios.

1T 2T 3T 4TVolume de navegação Sul ex -JV’s por trimestre
(k ton)
2020 2021 2022 2023
Fonte: dados internos HBSA e estimativas internas para o 4T23.% do 4T no total
4T20: 12%
4T21: 11%
4T22: 19%1/jan
16/jan
31/jan
15/fev
2/mar
17/mar
1/abr
16/abr
1/mai
16/mai
31/mai
15/jun
30/jun
15/jul
30/jul
14/ago
29/ago
13/set
28/set
13/out
28/out
12/nov
27/nov
12/dez
27/dezHistórico Hidrovia Paraná -Paraguai (régua Ladário)
(mts)
2020 2021 2022 2023
Fonte: CPRM e dados internos HBSA. Médias do 4T levam em consideração variações até 10 de novembro.Régua Média
4T20: -0,2
4T21: -0,4
4T22: 0,7
4T23: 1,5

As informações aqui contidas são meramente estimativas sobre os negócios e projeções dos resultados operacionais e
financeiros e, como tais, são baseadas principalmente em percepções e premissas da administração da Companhia e
objetivam unicamente a maior transparência com seus públicos de interesse.

Essas estimativas estão sujeitas a diversos fatores de risco e incertezas e são feitas considerando as informações
atualmente disponíveis, portanto, dependem substancialmente das condições climáticas , de mercados nacional e
internacional, do desempenho da economia brasileira e do setor de negócios da Companhia e de suas subsidiárias,
estando, assim, sujeitas a mudanças. Em virtude dessas incertezas, o investidor não deve tomar nenhuma decisão de
invest imento com base nessas estimativas e projeções sobre ope rações futuras, pois não constituem promessa de
desempenho. Qualquer alteração nas percepções ou nos fatores supracitados pode fazer com que os resultados concretos
sejam divergentes das projeções efetuadas e divulgadas .

A área de Relações com Investidores segue disponível para sanar qualquer dúvida adicional ao tema.

São Paulo, 13 de novembro de 2023.

Ricardo Pereira
Diretor Financeiro e de Relações com Investidores

HIDROVIAS DO BRASIL S.A.
Publicly -held Company
CNPJ/ME 12.648.327/0001 -53
NIRE 35.300.383.982

MATERIAL FACT

Hidrovias do Brasil S.A. (B3: HBSA3) (“Company” or “Hidrovias” ), in compliance with the provision s of article 157, §4 of
Brazilian Law No. 6,404, of December 15, 1976, as amended, and CVM Resolution no. 44, of August 23, 2021, informs
its shareholders and the market in general that it carried out a detailed analysis of the possible impacts related to
occasional and non -recurring variations in climatic and hydrological conditions in some regions where it operates and
identified the need for alignment of expectations relat ed to the operational evolution of the fourth quarter of 2023 (4Q23).

As published in a Notice to the Market released on November 1, 2023, the atypical and non -recurrent situation of river
drafts at some points of the navigation route in the North Corridor generated the need to implement operational
flexibility that could enable the continuity of navigation, and such adjustments together with the continuation of the
phenomenon – beyond the expected time – should result in a reduction in the volume of cargo transported in the fourth
quarter of this year (4Q23).

Given this scenario, the Company clarifies the following:
• The currently estimated capacity for grains in the North under regular operating conditions is 7.2 million tons
per year ; and
• Historically, the volume sailed in the fourth quarter (4Q) of each year is lower than in other quarters (on average
17% of the year’s navigation volume ), given that weather conditions and harvest seasonality are not the same
as in the first 9 months (9M)

It is worth noting that even in the face of current external challenges, the Company has continued to operate with
operational adjustments to date, which highlights the competitive advantage of its assets.

Given the context presented, the rain projections still below historical averages for the coming weeks and given that the
Company has already carried out a relevant part of the volume scheduled for 2023, the Company chose to take advantage
of this moment o f restrictions to bring forward the recurring maintenance that was scheduled for the end of December
and January, optimizing the use of its assets, leaving its fleet prepared to resume operations in more regular draft
conditions scheduled for the end of th is year and, consequently, positioning itself to take advantage of the positive
scenario of 2024.

Regarding the structural analysis of the North Corridor , the Company clarifies that:

• It does not expect structural change s related to the draft level of the region’s rivers since historically the
seasonality of the river results in recovery between November and January, as can be seen in the graph above;
• There are, to the best of the Company’s knowledge, no historical data or updated projections that demonstrate
additional risks related to the navigability of rivers in the region where it operates; and
• Production projections for grains originating in Brazil (soybeans and corn) remain extremely strong3, there is
no logistical idleness in the country and North Arch continues to be an extremely competitive solution for
transporting the harvest that will be directed to export4.

The Company therefore maintains its modular growth strategy, updating nominal capacity in the North in 2024 to around
8.0 million tons through the start of operations with buoys anchored in the water mirror area in the public port of
Barcarena (CDP).

3 according to soybean and corn supply and demand reports issued by IMEA on 11/06/2023 .
4 according to logistical cost data for the flow of M ato Grosso State grains for 2Q23 issued by the USDA .
1-Jan
13-Jan
25-Jan
6-Feb
18-Feb
1-Mar
13-Mar
25-Mar
6-Apr
18-Apr
30-Apr
12-May
24-May
5-Jun
17-Jun
29-Jun
11-Jul
23-Jul
4-Aug
16-Aug
28-Aug
9-Sep
21-Sep
3-Oct
15-Oct
27-Oct
8-Nov
20-Nov
2-Dec
14-Dec
26-DecHistorical data Tapajós River (Itaituba station)
(mts)
2020 2021 2022 2023Average ruler
4Q20: 2.0
4Q21: 2.9
4Q22: 2.6
4Q23: 1.5
1Q 2Q 3Q 4QHistorical navigation volume in the North (HBSA)
(k ton)
2020 2021 2022 2023
Source: HBSA internal data and internal estimates for 4Q23.% of total
4Q20: 13%
4Q21: 17%
4Q22: 20%In relation to the South Corridor , there was an important recovery in the draft level of the Paraná -Paraguay Waterway
(HPP) during most of 2023, both due to the more regular water scenario and the dredging carried out by the government
of Paraguay, enabling record results for the Company’s operation in the first 9 months of the year. Even so, the last week
showed a faster -than-expected reduction in water levels at some navigation points in the region, generating the need for
specific adaptations and the app lication of a “low water” plan, similar to what was already carried out in 2021 and 2022.

In this context, the Company clarifies the following:
• The currently estimated capacity for the South, under regular operating conditions, is approximately 5.0 million
tons per year , excluding the volume handled by JVs; and
• Historically, capacity in the fourth quarter (4Q) of each year is lower than in other quarters as weather conditions
and the seasonality of the grain harvest originating in Paraguay and destined for export are not the same as in
the first 9 months (9M).

The Company believes that it will continue to navigate as it has flexible assets, with the capacity to gain market share
compared to other HPP logistics operators that are unable to operate under similar conditions, however, still transporting
less volume than its annual schedule due to the restrictive scenario , with s ome impact on cycle and operational costs.

Finally, regarding the structural analysis of the South Corridor , the Company clarifies that:

• 100% of the estimated navigation capacity is contracted for the medium and long term , therefore there is no
idle capacity to be used by the Company in a structural way in the current scenario;
• Long-term contracts are dollarized , guaranteeing cash generation in hard currency and greater balance between
the cash flows projected by Hidrovias; and
• Study carried out by Oliver Wyman shows that there is no evidence of structural changes related to the topic
that generate additional risks to the business .

Still in relation to the South, the Company invested in studies of hydrodynamic models throughout 2023, which
generated opportunities for structural improvements that can be carried out in this basin and which aim to guarantee
greater climate resilience of the operation, increasingly mitigating thi s risk which is inherent to our business and so
relevant to local economies.

Therefore, following our commitment to transparency and in light of the changes in the operating scenarios detailed
above, the Company discloses its expectations for the 2023 results below, as follows:

R$ Mil lions 2021 2022 2023 CAGR (%)
Adjusted
EBITDA +
EBITDA JV’s 630,2 756,9 740 – 770 9,5%
Obs: CAGR (%) calculated based on the average of the Adjusted EBITDA + EBITDA range of JVs in 2023 .

Assumptions used for the 2023 Guidance:
Operation of Santos, Coastal Navigation and Holding in line with the Company’s expectations for 2023;
North with reduced volume in October and no navigation between mid -November and December – early stop for asset maintenance; and
iSouth operating with “low water plan” between mid -November and December.
Exchange rate of US$4.97 for dollarized operations in 4Q23.

Finally, it is worth mentioning that the Company continues to evaluate and, whenever possible, put into practice possible
actions to mitigate the mapped risks, in order to guarantee the continuous development of the business.

The information contained herein is merely estimates about the business and projections of operational and financial
results and, as such, is based mainly on perceptions and assumptions of the Company’s management and aims solely at
greater transparency wi th its stakeholders.

These estimates are subject to several risk factors and uncertainties and are made considering currently available
information, therefore, they depend substantially on conditions related to climate , national and international markets, the
1Q 2Q 3Q 4QHistorical Navigation Volume (HBSA ex -JV’s)
(k ton)
2020 2021 2022 2023
Source: HBSA internal data and internal estimates for 4Q23.% of total
4Q20: 12%
4Q21: 11%
4Q22: 19%Jan-23
Jan-23
Jan-23
Feb-23
Mar-23
Mar-23
Apr-23
Apr-23
May-23
May-23
May-23
Jun-23
Jun-23
Jul-23
Jul-23
Aug-23
Aug-23
Sep-23
Sep-23
Oct-23
Oct-23
Nov-23
Nov-23
Dec-23
Dec-23Historical data Paraná -Paraguay Waterway
(Ladário statio)
(mts)
2020 2021 2022 2023
Source: CPRM and HBSA internal data. 4Q averages take into account variations up to November 10th.Average Ruler
4Q20: -0.2
4Q21: -0.4
4Q22: 0.7
4Q23: 1.5performance of the Brazilian economy and the business sector of the Company and its subsidiaries, thus being subject to
change. Due to these uncertainties, the investor s should not make any investment decision based on these estimates and
projections about future operations, as they do not constitute a promise of performance. Any change in perceptions or
factors mentioned above may cause actual results to differ from the projections made and disclosed.

The Investor Relations area remains available to answer any additional questions on the topic .

São Paulo, November 13, 2023.

Ricardo Pereira
Chief Financial and Investor Relations Officer

O que você achou?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.