Fato relevante – AURA MINERALS INC.

Evandro Garcia

Entidades do setor produtivo divergem sobre corte na taxa de juros
Empresa: AURA MINERALS INC.
Data: 29/11/2023 09:29:51

AURA MINERALS INC.
Companhia Aberta

E-mail: ri@auraminerals.com
https://ir.auraminerals.com/
FATO RELEVANTE
Aura anuncia Dividendo s de US$0, 25 por ação
a ser em pagos em dezembro de 2023

A Aura Minerals Inc. (TSX: ORA; B3: AURA33 , OTCQX: ORAAF) (“Aura ” ou a “ Companhia ”), anuncia que hoje
o Conselho de Administração da Companhia (o “Conselho”) aprovou o pagamento de dividendo s (o “Dividendo”) de
US$ 0, 25 por ação (aproximadamente US$ 1 8,0 milhões no total) , valor este calculado com base nos resultados
financeiros esperados para os seis meses do exercício social findo em 31 de dezembro de 2023. Nos termos da
Política de Dividendos da Aura , o valor pago a título de Dividendo é o equivalente a 20% de seu EBITDA1 Ajustado
estimado para o semestre vigente menos os investimentos em manutenção e exploração do período. O valor do
dividendo é baseado nos resultados auferidos do 3T23 e nos resultados esperados para o 4T23, incluindo produção
esperada, custos de caixa e investimentos em manuten ção e exploração.

O Dividendo será pago em 19 de dezembro de 2023 para os acionistas presentes nos livros da TSX Trust Company
(“Acionistas Registrados”), escriturador da Companhia e agente de transferência no Canadá , com base em suas
posições acionárias do fechamento de 11 de dezembro de 2023 (“Data Base ”). Todos os Acionistas Registrados
receberão o Dividendo em dólares americanos.

Já o s detentores de Brazilian Depositary Receipts (“BDRs”) registrados na mesma Data Base receb erão dos
Dividendos equivalente s em Reais em até 30 de dezembro de 2023 , com base na taxa de câmbio de mercado a ser
divulgada pela Companhia via Comunicado ao Mercado , em momento futuro antes de sua data de pagamento.

O processo de pagamento de dividendos a acionistas detentores de BDRs emitidos pela Aura (AURA33), listados
na bolsa de valores B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão (“B3”) , deverá seguir o seguinte cronograma :

• Data Base : fechamento do dia 11 de dezembro de 2023 ;
• Data ex -dividendos: 12 de dezembro de 2023 ;
• Fechamento de câmbio para pagamento dos dividendos aos detentores de BDRs a ser divulgada em um
futuro Comunicado ao Mercado, antes de sua data de pagamento ;
• Dividendos serão pagos ao valor de US$ 0, 25 por ação. A exemplificar, utilizando taxa estimada de câmbio
a R$ 4,91192 por dólar, o valor representaria R $ 1,227975 por BDR;
• Data de pagamento: até 30 de dezembro de 202 3.

O Dividendo não está sujeito a retenção de impostos na fonte no momento do pagamento pela Companhia.

Rodrigo Barbosa, Presidente e CEO, comenta: “Estamos felizes em anunciar que a Aura está distribuindo seu
segundo dividendo em 2023 no valor de US$ 18 milhões , somando US$ 28 milhões pagos n o ano. Isso marca nosso
terceiro ano consecutivo de foco no retorno aos nossos acionistas, nos colocando entre os líderes da indústria em
pagamentos de dividendos. Nos últimos três anos, distribuímos US$ 143 milhões aos nossos acionistas através de
dividendos e recompras de açõe s. Ao mesmo tempo em que construímos com sucesso a Almas, compramos e
iniciamos a construção da Borborema e avançamos nos estudos de Matupa , importantes passos para alcançarmos
a produção de 450.000 GEO anualizados até 2025, enquanto reforçamos nossos investimentos em exploração para
aumentar nossos recursos e reservas. Ficamos satisfeitos em conseguir realizar este expressivo pagamento de
dividendos enquanto investi mos em crescimento e mantemos baixa alavancagem. Is to não apenas demonstra nosso
robusto fluxo de caixa, mas também reafirma nosso compromisso em entregar valor aos nossos acionistas dentro
dos mais altos padrões de ESG .”

Para mais informações, visite o site da Aura em https://ir.auraminerals.com/ .

1 O EBITDA ajustado é uma medida financeira não -GAAP, não é uma medida financeira padronizada segundo o IFRS e pode não ser comparável a medidas
semelhantes divulgadas por outros emissores. Consulte a divulgação sob o título “Medidas de desempenho não GAAP” na discussão e análise da
administração da Companhia para os três meses encerrados em 31 de março de 2023 (o “1T23 MD&A”), que está disponível no perfil da Companhia no
SEDAR em www .sedar.com A reconciliação do EBITDA Ajustado com a receita na seção 17.A do 1T23 MD&A é incorporada por referência aqui.
2 Base fechamento PTAX de 7 de junho de 2023 . – 2 –
São Paulo, 29 de novembro de 2023

Relações com Investidores

Natasha Utescher
Representante Legal da Companhia no Brasil

Sobre a Aura 360°
A Aura é focada na mineração em termos completos – pensando de forma holística sobre como seus negócios
impactam e beneficiam cada um de nossos stakeholders: nossa companhia, nossos acionistas, nossos funcionários
e os países e comunidades que atendemos. O que nós chamamos de Mineração 360°.
A Aura é uma Companhia focada no desenvolvimento e operação de projetos de ouro e metais básicos nas Américas.
Os quatro ativos em operação da Companhia incluem a mina de ouro de San Andres em Honduras, as minas de
ouro de Almas e de Ernesto/Pau -a-Pique no Brasil e a mina de cobre, ouro e prata de Aranzazu no México. Além
disso, a Companhia possui Tolda Fria, projeto de ouro na Colômbia e quatro projetos no Brasil: os projetos de ouro
Borborema e Matupá, que estão em desenvolvimento; o projeto de ouro São Francisco, que está em em care &
maintenance e o projeto de cobre Serra da Estrela, na região de Carajás no Brasil , que está em fase de exploração.

Informações prospectivas

Este Fato Relevante contém “informações prospectivas” e “declarações prospectivas”, conforme definido nas leis de
valores mobiliários canadenses aplicáveis (coletivamente, “declarações prospectivas”), que incluem, mas não estão
limitados a, declarações com relação às atividades, eventos ou desenvolvimentos que a Companhia espera ou
antecipa que ocorrerão ou poderão ocorrer no futuro, incluindo o momento esperado do Dividendo; níveis de
produção esperado s no 2T23 e preços de metais recebidos em relação aos mesmos; os g astos de capital de
manutenção da Companhia e os gastos de capital de exploração para o 2T23 ; o potencial adicional das propriedades
da Companhia; e a capacidade da Companhia de alcançar suas perspectivas de curto e longo prazo e o cronograma
e resultados esperados.
Riscos conhecidos e desconhecidos, incertezas e outros fatores, muitos dos quais estão além da capacidade da
Companhia de prever ou controlar, podem fazer com que os resultados reais difiram materialmente daqueles contidos
nas declarações prospectivas. As declarações prospectivas são necessariamente baseadas em uma série de
estimativas e suposições que, embora considerada s razoáveis pela Companhia , estão inerentemente sujeitas a
incertezas e contingências comerciais, econômicas e competitivas significativas. Referência específica é feita ao
Formulário de Informações Anuais mais recente arquivado em certas autoridades reg uladoras de valores mobiliários
canadenses provinciais para uma discussão de alguns dos fatores subjacentes às declarações prospectivas, que
incluem, sem limitação, a capacidade da Companhia de atingir seu curto prazo perspectiva de longo e longo prazo
e o cronograma e resultados previstos, a capacidade de reduzir custos e aumentar a produção, a capacidade da
Companhia de atingir com sucesso os objetivos de negócios, cobre e ouro ou certa volatilidade dos preços de outras
commodities, mudanças nos mercados de dívida e ações , as incertezas envolvidas na interpretação de dados
geológicos, aumentos de custos, conformidade ambiental e mudanças na legislação e regulamentação ambiental,
flutuações nas taxas de juros e câmbio, condições econômicas gerais e outros riscos envolvidos na indústria de
exploração e desenvolvimento mineral. Os leitores são advertidos de que a lista de fatores acima não é exaustiva
dos fatores que podem afetar as declarações prospectivas.
Todas as declarações prospectivas aqui contidas são qualificadas por esta declaração de advertência.
Consequentemente, os leitores não devem depositar confiança indevida em declarações prospectivas. A Companhia
não assume nenhuma obrigação de atualizar publicamente ou revisar quaisquer declarações prospectivas, seja
como resultado de novas informações ou eventos futuros ou de outra forma, exceto conforme exigido por lei. Se a
Companhia atualizar uma ou mais declarações prospectivas, não se deve inferir que fará atualizações adicionais
com relação a essas ou outras declarações prospectivas.

Aura Declares Dividend of US$0. 25 per share
to be Paid in December 2023
ROAD TOWN, British Virgin Islands, November 29, 202 3 – Aura Minerals Inc. (TSX: ORA, B3: AURA33 and OTCQX: ORAAF )
(“Aura” or the “Company”) announced today that the Company’s Board of Directors (the “Board”) has declared and approved
the payment of a dividend (the “Dividend”) of US$0. 25 per common share (approximately US$ 18 million in total). In accordance
with the Company’s dividend policy (the “Dividend Policy”), the Dividend is in respect of and is based on Aura’s expected
financial results for the six months ending on December 31, 2023.
Under the Dividend Policy, the Company ’s annual dividend is equal to 20% of its estimated Adjusted EBITDA1 for the relevant
six months less sustaining capital expenditures and exploration capital expenditures for the same period . The amount of the
Dividend is based on the actual results for Q3 202 3 and the expected results for Q4 202 3, including expected production, cash
costs and sustaining and exploration capex for Q4 202 3.
The Dividend will be paid to shareholders of record on December 19, 2023, as of the close of business on December 11, 2023
(“Record Date”). All shareholders of record will receive the Dividend in US dollars.
Holders of the Company’s Brazilian Depositary Receipts as of Record Date are expected to receive payment by December
30, 2023. They will receive the Brazilian Reais equivalent of the Dividend, based on a market exchange rate to be disclosed
in a future Press Release , in advance of its payment date.
The Dividend is not subject to withholding taxes at the time of payment by the Company.

Rodrigo Barbosa, President & CEO commented, “We’re thrilled to announce that Aura is distributing its second dividend of
2023, amounting to US$ 18 million for this semester and reaching a total of US$ 28 million for the year. This marks our third
consecutive year of rewarding shareholders, making us among the leader s in our industry for dividend payments. Over the
past three years, we’ve returned US$ 143 million to our shareholders through dividends and share buybacks. In addition to
these financial achievements, we’ve successfully built Almas, bought, and begun construction of Borborema, and made
progress in Matupa. These efforts aim to increase our production to 450,000 GEO annualized by 2025, while we also embark
on various exploration projects to increase our resources and reserves. All these initiatives are carried out while maintaining
a strong, low -leveraged balance sheet. This not only demonstrates our robust cash flow but also reaffirms our commitment to
delivering value to our shareholders and uphold ing the highest standards in our ESG practices .”

About Aura 360° Mining
Aura is focused on mining in complete terms – thinking holistically about how its business impacts and benefits every one of
our stakeholders: our company, our shareholders, our employees, and the countries and communities we serve. We call this
360° Mining.
Aura is a mid -tier gold and copper production company focused on the development and operation of gold and base metal
projects in the Americas. The Company’s four producing assets include the San Andres gold mine in Honduras, the EPP and
the Almas gold min es in Brazil and the Aranzazu copper -gold-silver mine in Mexico. In addition, the Company has the Tolda
Fria gold project in Colombia and four projects in Brazil, of which three gold projects: Borborema and Matupá, which are in
development; and São Francis co, which is on care and maintenance. The Company also owns the Serra da Estrela copper
project in Brazil, Carajás region, under exploration stage.

For more information, please contact:
Investor Relations
ir@auraminerals.com

1 Adjusted EBITDA is a non -GAAP financial measure, is not a standardized financial measure under IFRS, and may not be comparable to similar measures dis closed by
other issuers. See the disclosure under the heading “Non -GAAP Performance Measures” in the Comp any’s management’s discussion and analysis for the three and
nine months ended on September 30 , 2022 (the “Q 3 2023 MD&A”), which is available under the Company’s profile on SEDAR at www.sedar.com. The reconciliation of
Adjusted EBITDA to income in section 17.A of the Q3 MD&A is incorporated by reference herein. – 2 –
Forward -Looking Information

This press release contains “forward -looking information” and “forward -looking statements”, as defined in applicable securities
laws (collectively, “ forward -looking statements ”) which include, but are not limited to, statements with respect to the
activities, events or developments that the Company expects or anticipates will or may occur in the future, including the
expected timing of the Dividend; expected production levels i n Q4 2023 and metal prices received in respect thereof; the
Company’s sustaining capital expenditures and exploration capital expenditures for Q 4 2023; the further potential of the
Company’s properties; and the ability of the Company to achieve its short and long term outlook and the anticipated timing
and results thereof.
Known and unknown risks, uncertainties and other factors, many of which are beyond the Company’s ability to predict or
control, could cause actual results to differ materially from those contained in the forward -looking statements. Forward -looking
statements are necessarily based upon a number of estimates and assumptions that, while considered reasonable by the
Company, are inherently subject to significant business, economic and competitive uncertainties and contingencies. Specific
reference is made to th e most recent Annual Information Form on file with certain Canadian provincial securities regulatory
authorities for a discussion of some of the factors underlying forward -looking statements, which include, without limitation, the
ability of the Company to achieve its short -term and longer -term outlook and the anticipated timing and results thereof, the
ability to lower costs and increase production, the ability of the Company to successfully achieve business objectives, coppe r
and gold or certain other com modity price volatility, changes in debt and equity markets, the uncertainties involved in
interpreting geological data, increases in costs, environmental compliance and changes in environmental legislation and
regulation, interest rate and exchange rate fluctuations, general economic conditions and other risks involved in the mineral
exploration and development industry. Readers are cautioned that the foregoing list of factors is not exhaustive of the facto rs
that may affect the for ward -looking statements.
All forward -looking statements herein are qualified by this cautionary statement. Accordingly, readers should not place undue
reliance on forward -looking statements . The Company undertakes no obligation to update publicly or otherwise revise any
forward -looking statements whether as a result of new information or future events or otherwise, except as may be required
by law. If the Company does update one or more forw ard-looking statements, no inference should be drawn that it will make
additional updates wi th respect to those or other forward -looking statements .

O que você achou?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.