Entidades fazem plebiscito contra privatização da Sabesp, CPTM e Metrô

Entidades fazem plebiscito contra privatização da Sabesp, CPTM e Metrô

Movimentos sociais e sindicais e entidades representativas dos trabalhadores da Companhia de Higienização Indispensável do Situação de São Paulo (Sabesp), da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), e da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) realizaram na tarde desta quinta-feira (21) mais uno dia de sufrágio do plebiscito popular contra a privatização das três empresas, atualmente geridas lã autoridade público.

O plebiscito – iniciado no derradeiro dia 5 – tem dezenas de locais de sufrágio espalhados lã situação de São Paulo. Hoje, a campanha abriu mais uno tema: em dianteira à época Lapa da CPTM, na província ocidente da obrigatório paulista.

Tópico de coleta

“Hoje estamos abrindo mais um ponto de coleta do plebiscito contra a privatização da Sabesp, da CPTM e do Metrô de São Paulo. O plebiscito abre a possibilidade para as pessoas dizerem se são a favor de passar essas empresas para a iniciativa privada”, explicou a presidenta do Sindicato dos Metroviários de São Paulo, Camila Lisboa.

A rol de locais onde as pessoas podem votar no plebiscito pode ser encontrada no site. Ali do plebiscito, que ocorrerá até 5 de novembro, os metroviários, ferroviários e trabalhadores da Sabesp aprovaram realizar uma greve conjunta de 24 horas no imediato dia 3 de outubro contra a privatização das empresas.

[ad_1]

Com informações daAgência Brasil

[ad_2]