Economista Sincero, Carol Dias e Primo Rico: conheça os Finfluencers mais relevantes, segundo a Anbima

O Gestor

Economista Sincero, Carol Dias e Primo Rico: conheça os Finfluencers mais relevantes, segundo a Anbima

A busca por conteúdo de finanças vem crescendo nos últimos anos e os influenciadores da área, os chamados Finfluencers, têm tomado a dianteira nessa área. Em outubro a Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados de Capitais e de Finanças) divulgou que esses alcançaram a marca de 176,3 milhões de seguidores nas redes sociais.

Realizado pela Anbima, em parceria com o Ibpad (Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados), a quinta edição do relatório FInfluence – quem fala de investimentos nas redes sociais revelou o ranking dos influenciadores mais relevantes sobre o tema, assim como as posições por redes sociais.

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

Ranking de Finfluencers mais relevantes

  1. Economista Sincero (produtor de conteúdo)
  2. O Primo Rico (produtor de conteúdo)
  3. Tiago Guitián Reis (analista)
  4. Hermann Greb (trader)
  5. Rafael Zattar (analista)
  6. Cristiane Fensterseifer (analista)
  7. Flávio Augusto da Silva (produtor de conteúdo)
  8. Carol Dias – Riqueza em Dias (produtora de conteúdo)
  9. Bruno Perini – Você mais Rico (produtor de conteúdo)
  10. Gustavo Cerbasi (analista)

Ranking de empresas

  1. Dica de hoje (casa de análise)
  2. Bloomberg Línea (portal especializado)
  3. Me Poupe! (produtor de conteúdo)
  4. InvestNews (portal especializado)
  5. Cointelegraph Brasil (produtor de conteúdo)
  6. Empiricus (casa de análise)
  7. Suno Notícias (portal especializado)
  8. Money Times (portal especializado)
  9. Criptofácil (portal especializado)
  10. Clube do Valor (portal especializado)

O estudo acompanhou a atuação de 515 finfluencers no primeiro semestre de 2023. Para o ranking, foram considerados cinco critérios: 

  • popularidade (número de seguidores); 
  • engajamento médio (interações médias medidas por curtidas, comentários e compartilhamentos); 
  • comprometimento (volume de publicações no período de monitoramento); 
  • autoridade (a capacidade de um influencer dominar um ou mais assuntos relacionados ao universo de investimentos, tornando-se uma referência na área);
  • articulação (o poder de se conectar e interagir com o ecossistema de investimentos, com diferentes públicos e outros finfluencers).

“Esses influenciadores são a porta de entrada para o mundo dos investimentos nas redes sociais. Por usarem uma linguagem menos técnica que os traders, por exemplo, eles acabam falando para um público mais iniciante e mais abrangente. Muitos deles também trazem para as redes sociais detalhes sobre as suas próprias vidas, fazendo com o que os seguidores se sintam mais próximos desses profissionais, criando um vínculo de confiança”, diz Amanda Brum, gerente-executiva de Comunicação, Marketing e Relacionamento com Associados da Anbima.

O primeiro colocado do ranking, Charles Mendlowicz, o Economista Sincero, afirmou que mais do que nunca um conteúdo de qualidade na área de economia e investimentos é algo relevante no Brasil. 

“Estamos falando de um país onde quase 80% das famílias possuem dívidas e muitos delas problemas financeiros. Se queremos que o brasileiro saia das dívidas, é preciso começarmos com informações básicas e que as pessoas tenham o conhecimento de que é possível levar uma vida melhor com organização”, destaca.

Destaque para produtores de conteúdo

A categoria, composta por finfluencers que geram conteúdos sobre investimentos de maneira mais simplificada e didática, tem 162 representantes e soma 97,8 milhões de seguidores. Os produtores de conteúdo representam 31% dos monitorados e falam para 55% dos 176,3 milhões de perfis que seguem os influenciadores de finanças nas redes sociais.

Os produtores de conteúdo têm ao menos um representante em cada um dos rankings por rede social. Bruno Perini, do canal Você Mais Rico, é o primeiro colocado entre os cinco influenciadores mais relevantes do YouTube. Carol Dias, do canal Riqueza em Dias, e Rafael Ferri, do Café com Ferri, ocupam as duas primeiras posições no Instagram. 

+ Deu ruim! Influenciadores contam erros de quando começaram a investir

No X (antigo Twitter), o pódio é ocupado pelo Economista Sincero. No Facebook, Flávio Augusto da Silva e Carol Dias estão, nesta ordem, na terceira e quinta posições.

Rankings de finfluencers por redes sociais

Instagram

1º Carol Dias – Riqueza em Dias (produtora de conteúdo)

2º Café com Ferri (produtor de conteúdo)

3º Hermann Greb (trader)

4º Danilo Zanini (assessoria/corretora)

5º Guilherme Rossler Zanin (analista)

YouTube

1º Bruno Perini – Você Mais Rico (produtor de conteúdo)

2º Tiago Guitián Reis (analista)

3º Pablo Spayer (assessoria/corretora)

4º Clube dos Dividendos (analista)

5º Amor ao Dinheiro (trader)

X (Twitter)

1º Economista Sincero (produtor de conteúdo)

2º Rafael Zattar (analista)

3º Felippe Hermes (especialista)

4º David Deccache (especialista)

5º Luiz Carlos Mendonça de Barros (especialista)

Facebook

1º Hermann Greb (trader)

2º Fausto Botelho (analista)

3º Flávio Augusto da Silva (produtor de conteúdo)

4º Gustavo Cerbasi (especialista)

5º Carol Dias – Riqueza em Dias (produtora de conteúdo)

Líder no ranking dos finfluencers no Instagram 8ª no geral, Carol Dias, do canal Riquezas em Dias, se diz muito honrada com o reconhecimento do seu trabalho. 

“A Anbima é um órgão extremamente responsável e estuda muito sobre o assunto, por isso é extremamente gratificante estar no ranking. Espero poder ajudar milhares de brasileiros de forma simples e descomplicada a buscar sua liberdade financeira”, afirma.

Ela ainda ressalta que vê uma população mais preocupada em pagar dívidas, que busca investir e entrar na bolsa de valores. “Assim, a importância do conteúdo de qualidade se faz ainda maior em um país ainda muito carente de educação financeira, finanças e investimentos no geral”.

“Temos que mostrar de maneira simples e descomplicada que não é irreal e pode ser feito com pouco dinheiro. Democratizar o assunto e mostrar que as pessoas podem e devem aprender sobre finanças”, completa.

Quer conhecer muito mais sobre bolsa de valores e o universo dos investimentos? Acesse o Hub da B3, faça seu cadastro e tenha acesso a conteúdos exclusivos!

Link da matéria

O que você achou?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

0 0 votes
Article Rating
Se inscreva
Notificação de
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
0
Iremos adorar sua opinião, comente.x