Conheça 5 benefícios ocultos de fazer a Declaração do Imposto de Renda

Fazer a declaração do Imposto de Renda (IR) pode parecer apenas uma obrigação burocrática e algo que muitos brasileiros prefeririam evitar. No entanto, alguns benefícios dessa prática podem estar ocultos. 

“Se olharmos por outro ângulo, esse processo anual pode se transformar em uma excelente ferramenta de planejamento financeiro e autoconhecimento econômico”, diz Carlos Castro, especialista em finanças e CEO da SuperRico

Revelações sobre sua vida financeira

Em primeiro lugar, ao organizar as informações para a declaração, você é obrigado a revisar todas as suas movimentações financeiras do ano anterior. Isso inclui seus rendimentos, investimentos, dívidas, gastos significativos e quaisquer outras transações financeiras. 

“Esse exercício, embora possa parecer tedioso, é uma oportunidade de ouro para ter uma visão clara da sua situação financeira”, aponta Castro.

Check-up da saúde financeira

Ao analisar sua declaração de IR, você pode verificar como está a saúde do seu patrimônio. É como fazer um “check-up” financeiro: se vê quanto realmente ganhou, o que conseguiu poupar e como seus bens (como imóveis, carros e investimentos) evoluíram ao longo do ano. 

Essa análise permite identificar se você está no caminho certo para alcançar seus objetivos financeiros ou se precisa ajustar seus hábitos de consumo e investimento, destaca o CEO da SuperRico.

Crescimento do patrimônio líquido

Outra das percepções que se pode obter é o crescimento ou a redução do seu patrimônio líquido, que, basicamente, corresponde ao que sobra quando você subtrai todas as suas dívidas dos seus bens e investimentos. 

Se ele está crescendo ano após ano, você está, provavelmente, num bom caminho. Se não, pode ser hora de repensar suas estratégias financeiras. Sempre é tempo! 

Utilização como comprovação de renda

A declaração do IRPF apresenta o resumo da renda do ano anterior de um indivíduo. Por conta disso, pode ser utilizado como comprovante e permite que as instituições bancárias ou empresas compreendam o quanto uma pessoa recebe, no geral.

O que pode ser uma boa alternativa para autônomos ou outros profissionais que não tenham como comprovar renda com holerites e afins.

Planejamento tributário inteligente

Outro benefício apontado pelo especialista é que sua declaração do IR também é crucial para planejar futuras declarações. 

“Por exemplo, você pode identificar oportunidades de abater mais impostos, investindo em produtos financeiros incentivados ou despesas dedutíveis, como previdência privada do tipo PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre), despesas médicas ou educação”, destaca.

Quer saber como declarar seus investimentos no IR? Acesse o curso gratuito e online do Hub de Educação da B3.

Link da matéria

Deixe um comentário