Agência BNDES de Notícias – Cada R$ 1 milhão desembolsado pelo BNDES corresponde a 10 empregos no país, mostra estudo

O Gestor

Updated on:

Agência BNDES de Notícias - Cada R$ 1 milhão desembolsado pelo BNDES corresponde a 10 empregos no país, mostra estudo

Edição n. 7/2023

 

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

De 2014 a 2020, a contribuição do BNDES para o mercado de trabalho no país variou de forma similar à participação dos seus desembolsos no Produto Interno Bruto (PIB). É o que demonstra novo estudo publicado pelo Banco, no qual é analisada a relação entre os investimentos fixos financiados e os empregos no país a partir da aplicação do Modelo de Estimação de Emprego (MEE) do BNDES.

 

De acordo com a publicação, enquanto em 2014 o apoio do BNDES estava relacionado a cerca de 3% do total de ocupações, em 2020, essa contribuição ficou em torno de 1%. Os desembolsos do Banco, por sua vez, representaram 3,2% do PIB em 2014 e 0,9% em 2020. O trabalho aponta ainda que, apenas em 2022, os desembolsos do BNDES estavam associados a cerca de 1,1 milhão de empregos. Já no período de 2014 a 2022, a cada R$ 1 milhão desembolsado pelo Banco, estiveram envolvidos, em média, cerca de 10,2 empregos.

 

Os resultados estão na sétima edição da série Estudos Especiais do BNDES, que analisa a evolução do MEE. A ferramenta é um modelo insumo-produto que usa dados oficiais do IBGE para estimar a quantidade de empregos vinculados à implantação dos investimentos apoiados pelo BNDES, considerando tanto empregos diretos (basicamente aquisição de máquinas e obras civis) quanto indiretos (partes, peças e insumos para as máquinas e as obras).

 

Utilizado pelo Banco desde a década de 1990, o modelo vem sendo aperfeiçoado ao longo do tempo para dar conta de como a instituição contribui para o emprego no país – em sintonia com o uso do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) como principal fonte de recursos pelo BNDES.

 

Em relação ao tipo de emprego, a publicação mostra que, em média, 59% dos postos de trabalho estavam nos setores impactados diretamente pelos investimentos fixos apoiados pelo Banco (empregos diretos), ao passo que 41% localizavam-se nas cadeias produtivas desses setores (empregos indiretos). Atualmente, além dos empregos diretos e indiretos, o MEE permite que o BNDES estime seu impacto na massa salarial e no valor adicionado ao país.

 

>> Baixe o estudo aqui

 

Conteúdos relacionados

 

Ao tomarem direção oposta durante crises, BNDES e mercado de capitais se complementam, mostra estudo

 

Estudo do BNDES vê relação entre crescimento econômico pós-crises e impulso do crédito bancário

 

Ao ampliar arrecadação, programa do BNDES induz municípios a mais investimento social, mostra estudo





Link da matéria

O que você achou?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

0 0 votes
Article Rating
Se inscreva
Notificação de
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
0
Iremos adorar sua opinião, comente.x